Pergunte-me como o Coaching, pode fazer você, atingir seus objetivos:

O Jogo do Poder -Como você convive com perdas e ganhos?

Palavras chave: Aprendizagem, Coach (profissional de Coaching), Coaching, Coachee(Cliente), Convivência com os erros, Desvio de Rota, Diagnósticos, Impeachment, Intolerância, Julgamentos, Perdas e Ganhos, Resultados Esperados, Sucesso.

Um dos lemas de Fisher é "seja mole com as pessoas e duro com os problemas"

 

Ano com muitas emoções. Concorda? Em nossos atendimentos como Coach este ano de Impeachment, Intolerâncias, fizeram nossas conversar serem muito proveitosas. Perdas, Ganhos, Emoções, Comemorações, Revoltas.

A Intolerância aparece como um sintoma muito forte nas redes sociais. Não o conhecíamos a bem pouco tempo. Muito provavelmente a facilidade de comunicação nas redes sociais, fez aparecer muito fortemente esta característica. Existe um foco exagerado e perturbador nas diferenças. Em grande parte de nossos atendimentos, existe uma necessidade muito grande de mudarmos este paradigma. As pessoas tem muita dificuldade de lidar com um companheiro diferente, com as idéias sempre desastrosas (segundo relatos) de um chefe, com a doutrina de um partido que não é muito apreciado, etc, etc.

Na verdade existe uma linha tênue que separa todos estes elementos. Muitas vezes uma perda é um cálculo de resultado Zero, quando alguém perde outro ganha. Difícil reconhecer essa verdade? É difícil realmente porque em nossa cultura perder ou ter outra opinião é motivo de separação de corpos e ideiais.

O que precisamos mudar principalmente como gestores, é a forma de considerar um "resultado não esperado". O erro, o não esperado, a diversidade, é sempre um termômetro para efetuar necessárias mudanças estratégicas e comportamentais. Um pequeno erro, uma ideia diferente, pode ser um remédio muito eficaz para a saúde organizacional em nossas empresas.

Faz-se necessário para o sucesso em qualquer atividade, que seja considerada a possibilidade de desvio da rota. Tal possibilidade nos mostra o que algo precisa ser reavaliado e corrigido, sempre com a finalidade de conseguir melhores resultados. Um avião está fora de rota em grande parte do tempo de voo, como afirmam os profissionais da área. Apesar disso, sempre chegam ao seu destino.

Não existe Certo ou Errado, existe o útil e não útil. Preceito de Programação Neuro Linguística.

Intrigante. Você concorda?

Considerando o inteligente preceito da PNL, o não útil é visível quando faz parte do processo. Trabalhei grande parte da minha vida em Sistemas Computadorizados. Uma das etapas mais importantes dos sistemas de qualquer natureza é testar os erros de cálculo. Qualquer Analista de Sistemas precisa ter este foco muito claro. Antecipar-se aos erros, é apenas e tão somente corrigi-los, adaptá-los. Ao contrário, deixá-los acontecer, pode ser extremamente desastroso, às rotinas a qual se destina o sistema, prejudica a credibilidade, a produtividade e os resultados. Conviver bem com os erros, antecipar-se a eles: É estar no comando de qualquer processo. Admitir os prováveis erros de rota faz as evidências de sucesso, tornarem-se úteis aos nossos propósitos.

Então não existe Culpas e Culpados em Perdas?

Considere que as pessoas podem ter opiniões diferentes da sua e procurar culpas e culpados é estar preso ao passado, é adiar seus projetos e planos. Mudar o foco para aprendizagem modifica o ambiente para diagnóstico, onde o útil e o não útil denotam lógica e lucidez. Você passa a analisar os acontecimentos como situações circunstanciais, absolutamente naturais em qualquer processo que seres humanos participam, onde às vezes ganhamos, porém aprendemos a ser fortes na arte de como chegar à vitória. Seus objetivos podem ser enriquecidos com mais essa experiência, em resumo, você estará voltado a ter foco no útil, ao:

- selecionar forma e cuidados na ação;
- considerar que uma opinião divergente não é um crime, é apenas uma outra opinião;
- ser flexível o suficiente para mudar sempre que necessário;
- ser proativo sempre: estar do lado da causa e da solução;
- ser resiliente: saber agir na adversidade e sair transformado positivamente.

E quando o erro acontece. Como proceder?

Um dos mais fantásticos textos, com o qual trabalhei muito com alunos, é um que relata o brilhantismo de Roger Fisher, em negociação de conflitos:

"A sua primeira preocupação", diz Roger Fisher, "é descobrir quem é a pessoa que pode tomar uma decisão sobre o assunto". Em seguida, estude o melhor meio de comunicar-se com ela. Pode ser por fax, telefone, pessoalmente. Pode ser por sinais de fumaça. "Você não vai conseguir negociar com ninguém se não se comunicar", diz Fisher. Até aí você já sabia, não é? "Mas comunicação é um caminho de duas mãos. Você tem que ouvir, tanto quanto falar."

Além disso, você precisa se preocupar com o tipo de relacionamento que tem com essa pessoa. Vocês são adversários, tratam-se como colegas, costumam resolver problemas juntos? "A pergunta que você deve responder é: que tipo de relacionamento nós temos agora e como eu posso torná-lo mais aberto e conveniente?" Um dos lemas de Fisher é "seja mole com as pessoas e duro com os problemas". Isso significa não ceder em questões cruciais, mas não deixar de ser amigável mesmo quando a discussão se acirra. Uma tática que você pode usar: "As pessoas gostam de ser convidadas a dar conselhos e ideias". Peça.

Este brilhante texto de Roger Fisher, nos faz concluir, que independentemente da forma como um erro/e ou discordância será resolvido, o que assusta as pessoas é o Julgamento. Uma das principais premissas do Coaching, é não jugar. O julgamento, carregado de pré-conceitos e distorção da realidade, é um instrumento de poder. Encerra em si, qualquer debate de avaliação e FeedBack sobre as questões envolvidas. O Julgamento condena as pessoas, em detrimento da avaliação dos pontos positivos da reconstrução e reavaliação de um processo e/ou procedimento.

Como sempre estarei esperando seus comentários.

   

 

 

 

 

 

Master Practitioner em PNL

Click aqui para falar comigo ==> atendimento@coachviaconte.com.br

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.