Pergunte-me como o Coaching, pode fazer você, atingir seus objetivos:

Demanda X Oferta: Na vida pessoal e empresarial
Palavras Chave: Coach, Coachee, Coaching, Clientes, Demanda X Oferta,Método SMART, Metro de São Paulo, Foco, Sonhos


Demanda X Oferta: Exercício comum, elementar e muito discutido nas salas de aula. Nenhum negócio, solução, decisão pode dar certo se a demanda, não conversar bem com a oferta. Quando a Demanda está em alta, é o momento dos responsáveis pela oferta, aumentarem seus números, aproveitando melhor a possibilidade de negócios. Não atentar a esse pequeno e elementar detalhe, é perder vendas, razão e bem estar. Aconteceu nessa semana (Julho de 2012), algumas empresas de Telefonia foram impedidas de oferecer seus serviços, enquanto a oferta não for adequada ao prometido.

Planeje um almoço em sua casa e receba 20 pessoas a mais, será um caos não é mesmo? Se considerarmos que a oferta estava alinhada com 20 pessoas a menos, não há água no feijão a mais, que vá resolver a situação. Essa pode ser uma solução, caso você não queira mais que o superávit da demanda, volte a sua casa.

Faça uma grande e bem bolada promoção de venda de salgadinhos. Receita da vovó. Uma delicia, novidade. Faça uma campanha publicitária motivando as pessoas a consumir tais salgadinhos: São a fonte da felicidade. Você pode comer a vontade - não engordam....Ahhhh atraem um grande amor para sua vida...e riqueza também. Duas horas depois do inicio das vendas, a oferta infinitamente menor que a demanda acaba. E acaba também seu negócio junto com sua credibilidade, como fazedor dos salgadinhos dos sonhos.

É o que vem acontecendo com algumas decisões estratégicas dos nossos governantes. Esta semana uma viagem de Metro na cidade de São Paulo. Nem Alice no país das maravilhas, poderia imaginar a aventura que vivi. As interligações das linhas do metro, são realmente muito inteligentes. Todavia, inteligência a parte, não conseguem atender a demanda. Fico imaginando, como os funcionários, gerências e pessoal de qualidade, gostaria de ter sido consultado, para organizar devidamente a alta demanda nas estações. Insatisfações sobre insatisfações vão fazendo um dos importantes serviços de transportes de São Paulo, um verdadeiro caos.

Esse exemplo não é único. Não faz muito tempo, os aeroportos conviviam com as mesmas demandas. O preço das passagens áreas ficou infinitamente baixo. A oferta de voos não era condizente com a demanda. Caos novamente.

Problema com superávit de peso? Caso de demanda e oferta. Fórmula matemática: Seu corpo precisa de um número X de calorias para sobreviver, se a oferta for maior que a demanda, os estoques de calorias farão seu devido papel.

Está em oferta a facilidade de venda de automóveis, juros baixos, etc.. A demanda será muito maior que a capacidade das ruas de São Paulo, suportarem mais veículos. Deixar acontecer para ver como fica, é sem dúvida um desrespeito aos moradores dessa já tão sofrida metrópole. Senhores, que tal usar esse expediente, para facilitar a troca de carros muito velhos em São Paulo?

... e a cracolândia? Terminou? Foi mudada de local. Lembra-me a velha metáfora das moscas e do açúcar. Quando você quer acabar com as moscas, precisa acabar com o açúcar. Parece tão simples. Não é mesmo?

E sua empresa como vem tratando a demanda versus a oferta?

Seu foco está na qualidade ou na entrega dos produtos apenas porque estão terminados?
Seu negócio pode ficar tão insustentável quanto trafegar pelas ruas de São Paulo.

No dia que enfrentei mais uma aventura nos trens no Metro de São Paulo, estava chegando de uma consulta médica. No local há outros profissionais da saúde, e uma simpática e antiga funcionária do conjunto de consultórios, faz os serviços de recepção do local. Caracterizada de Paulista, essa gentil senhora, não dispensa vocábulos mais apropriados para um chá da tarde em sua casa, do que para primeiro atendimento aos clientes, tais como:

"Oi querida, Fofa, meu amor, lindinha", entre outros (Oferta inadequada a demanda do negócio em questão),

Estava ela remarcando algumas consultas ao cardiologista do consultório, e a cada atendimento, dizia:

- Oi meu amor, você não vem na consulta hoje, não é?

Em dado momento ela dirigiu-se a mim, e disse:

- Não entendo por que todos estão desmarcando as consultas!

Não resisti, e expus a ela, meus conhecimentos de Programação Neurolinguística, sugerindo a mudança da frase para:
- Sr(a) estou ligando para confirmar sua consulta de hoje, com o Dr___, às ____ horas.

Para total surpresa da gentil, porém ineficaz recepcionista, todos confirmaram a consulta.

Pense nisso: Quantas vendas e negócios você pode estar perdendo, por não conseguir acompanhar a demanda, ou pelo simples e catastrófico mal atendimento na porta de entrada da sua empresa?

Acredite que vale a pena planejar aonde você quer chegar com seu produto.

Eu enquanto profissional de Coaching utilizo bastante o método SMART, criado nos anos 50 por Peter Drucker, conhecido guru da administração, dentro da teoria de Gestão Por Objetivos. É simples funciona muito bem. Destaquei um excelente artigo sobre o assunto: Veja: SMART PROFISSIONAL

Um(a) Coach pode ajudá-lo(a) muito nesse sentido.

   

 

 

 

 

 

Click aqui para falar comigo ==> elzaconte@coachviaconte.com.br

 

Elza Conte - Uma Coach que acredita em constante reconstrução.

VOLTAR